quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

QUEM É VOCÊ QUANDO NINGUÉM ESTÁ OLHANDO?




Intimidade gera santidade; santidade gera autoridade; e autoridade promove conquistas. 

Portanto, cingindo os lombos do vosso entendimento, sede sóbrios, e esperai inteiramente na graça que se vos ofereceu na revelação de Jesus Cristo; Como filhos obedientes, não vos conformando com as concupiscências que antes havia em vossa ignorância; Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver; Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo. 

1 Pedro 1:13-16 

A santidade é um desafio dos nosso dias e está diretamente ligada ao caráter.

Mas, o que é caráter? Caráter é o que você é quando ninguém está olhando.

É muito fácil ser uma benção na plataforma, no palco, no púlpito, na frente do seu pastor;
Se você é uma benção na vida de quem mora debaixo do mesmo teto que você, se você dá bom testemunho de Cristo para aqueles que te vêem nos bons e nos maus dias, na alegria e na dor, na saúde e na doença, então você é uma benção de verdade! É isso que é caráter. É quem você é quando está sozinho, quando não está na plataforma, no púlpito, frente do seu pastor, quando está na internet, quando você escolhe a programação que vai assistir na televisão, quando você escolhe a roupa que vai vestir para ir à igreja ou para ir a um passeio. Isso é caráter. Aquilo que você é quando ninguém está olhando.

Existem algumas falhas de caráter que são muito desconfortáveis para serem  confrontadas dentro da igreja. Ninguém gosta de falar nesse assunto, por que nós pensamos: "as coisas velhas se passaram e eis que se fizeram novas", o meu velho homem morreu! Mas, então por que dentro das nossas igreja nós ainda encontramos egoismo, orgulho, perfeccionismo, atitude defensiva, ciumes, inveja, desequilíbrio emocional e falta de disciplina? Estes desvios de caráter são parte da natureza. Alguns de nós podemos dizer que nunca sentiu nenhum desses sentimentos. É difícil e desconfortável confessar. Nós costumamos maquiar essas situações, dá nomenclatura diferente, colocamos sombra, damos uma escova. Dê nome ao pecado para você ficar livre dele. Vai pra cruz mais rápido que doe menos.
Esse desvios de caráter fazem parte da natureza humana e nós somos assim, por isso nós precisamos ter o nosso caráter provado. Não estou falando de perfeição. Nós vamos caminhando e um dia nos encontraremos com Cristo e seremos como Ele. Alguns entraram no caminho, sentaram no meio-fio, reclamam que a caminha está muito difícil, que não conseguem, outros além de sentarem no passeio, ainda pedem pra que quem está passando sente ali com eles e lhe façam companhia. Outros tropeçam mas continuam, outra vez tropeçam e continuam, ai encontram uma pedra e desviam, por que já tropeçaram outras vezes, agora passam e continuam. Isso é caráter provado.

Quando você se dispõe a ser santo, começa na intimidade. Por que quando nós entramos na intimidade com Deus, então ele joga luz sobre as nossas trevas. Quando foi que você descobriu que era egoísta, invejoso, perfeccionista, ciumento? Você só descobre isso quando o espírito santo te mostra. Se você pedir pra Deus te mostrar quem de verdade você é, provavelmente, no dia seguinte você já vai pedir pra Ele parar. É duro quando nós vemos quem somos. A carne fede. Fica lá tudo encoberto, tudo bonitinho, parece que está tudo certo naqueles quartinhos escuros na nossa alma. Mas quando você se expõe ao Senhor na sua intimidade e busca diária, não tem jeito. O espirito santo liga a lanterna, joga luz e nos mostra o que tem em cada cantinho, e nos manda tirar a coberta de cima, e nos mostra ciumes, inveja, orgulho. E quando você se dá conta disso, o que você faz? Vai pro arrependimento, pois o espirito santo te convence. Por isso que é tão importante ter intimidade. Sem intimidade você nunca vai descobrir quem você é. Você sempre vai achar que você é muito bom.

Nós temos o costume de nos nivelar por baixo: Ah, olha o mundo. Tem tanto adultério, prostituição, bebedice, glutonaria. Eu vou na igreja todos os domingos, dou o meu dízimos, sou fiel, estou no ministério. Mas continua egoísta, ciumento, invejoso, perfeccionista, com a língua grande, insubmisso às autoridades. Que santidade é essa? Uma santidade farisaica. Na sua casa só você é crente. Em vez que você chegar em casa como um santo do Senhor, que vai ajudar nas tarefas domésticas, você se converteu e virou um chato. Não vai mais nas festas de família sob o argumento de que lá tem cerveja. Mas é lá que a luz precisa brilhar... é lá que tem trevas! E se for, não é pra chegar lá chamando todo mundo de "bando de pecadores que vão pro inferno", mas é pra chegar e conversar com aquele seu parente que você nunca falou. É derramar o amor. O Santo é assim, alguém esbarra nele, ele derrama amor. Alguém fura a fila na frente dele, ele derrama compaixão. Mas o que não é santo fala: eu sou crente, não pise no meu calo não. Eu sou crente mas não estou morto. Deveria estar morto para os seus delitos, pecados e para a sua carnalidade. Uma pessoa de caráter é uma pessoa amorosa.


Transcrição extraída da ministração da Helena Tannure, durante o Congresso Internacional de Louvor e Adoração Diante do Trono.

Sejam abençoadosss!!!!!!!

2 comentários:

  1. Realmente o que agrada e impressiona a Deus é o nosso caráter. Senhor transforma ... es me aqui Pai!

    ResponderExcluir